sexta-feira, 20 de setembro de 2013

HOTSPOTS

Seu conceito foi criado em 1988, pelo ecólogo Norman Myers. Segundo ele, hotspots é um ecossistema que cobrem uma pequena parcela da superfície da Terra, mas abrigam uma alta porcentagem da biodiversidade global. Esse conceito foi atualizado e para se classificar um hotspot é levado em consideração dois fatores: o número de espécies endêmicas e o grau de ameaça daquele ecossistema. Todo hotspot possui pelo menos 1500 espécies endêmicas e já perdeu mais de 75% e sua cobertura vegetal original.
São 34 hotspots espalhados pelo mundo, cobrindo apenas 2,3% da superfície terrestre mas onde se encontra 50% das plantas e 42% dos animais vertebrados conhecidos, além de 75% das espécies ameaçadas de extinção.

Lista de hotspots
Andes Tropicais
Tumbes-Chocó-Magdalena (Panamá, Colômbia, Equador e Peru)
Mata Atlântica (Brasil, Paraguai e Argentina)
Cerrado (Brasil)
Chile Central - Florestas Valdivias
Mesoamérica (Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador, Guatemala, Belize e México)
Ilhas do Caribe
Província Florística da Califórnia
Floresta de Pinho-Encino de Sierra Madre (México e Estados Unidos)
Florestas da Guiné (África Ocidental)
Província Florística do Cabo (África do Sul)
Plantas Suculentas do  Karoo (África do Sul e Namíbia)
Madagascar e Ilhas do Oceano Índico
Montanhas do Arco Oriental da África 
Florestas afromontanas (África Oriental)
Maputaland-Pondoland-Albany (África do Sul, Suazilândia e Moçambique)
Chifre da África
Bacia do Mediterrâneo
Cáucaso
Ghats Ocidentais (Índia e Sri Lanka)
Montanhas do Centro-Sul da China
Sunda (Indonésia, Malásia e Brunei)
Wallacea (Indonésia)
Filipinas
Regiões da Indo-Birmânia
Região Irano-Anatólica
Montanhas da Ásia Central
Japão
Sudoeste da Austrália
Nova Caledônia
Nova Zelândia
Ilhas da Polinésia e Micronésia (incluindo Havaí)
Ilhas da Melanésia Oriental

Atividades

Descubra a seguir, quais são os hotspots definidos:
01- Segundo maior bioma do Brasil (só perde para a Amazônia) está reduzindo a 22% da sua área original. Abriga 4.400 espécies endêmicas e mamíferos de grande porte, como a onça-pintada e o tamanduá-bandeira.
ipê-amarelo
02- Cerca de 25% dos animais vertebrados são endêmicos. Incluindo alguns seriamente ameaçados de extinção, como o pica-pau de Okinawa e o famoso macaco-da-neve. 
macaco-da-neve
03- Reduzida a 8% de sua área original é o habitat de mamíferos, aves, répteis e anfíbios, das quais 567 são endêmicas como o mico-leão-dourado e 90 estão ameaçadas de extinção. Possui também 20 mil espécies de plantas sendo 8 mil endêmicas. 
mico-leão-dourado
04- Concentra uma grande diversidade de ecossistemas, abrigando desde florestas tropicais a semi-áridos. A região possui centenas de espécies ameaçadas, incluindo os mamíferos solenodonte e o crocodilo cubano. As principais ameaças à biodiversidade da área são o desmatamento pela agricultura e a inserção de espécies estrangeiras. Tais ações reduziram sua extensão a 22.955 Km², apenas 10% da área original.
solenodonte
05- Trata-se de um hotspot de exemplo da evolução de espécies em isolamento. Apesar de estarem próximas da África, não compartilham qualquer grupo de animais do continente e contêm uma exuberante coleção única de espécies. O hotspot possui oito famílias de plantas, quatro de aves e cinco de primatas que não existem em nenhum outro lugar. 
baobás
06- Com 22.500 espécies de plantas, das quais 11 700 (52,0%) são endêmicas, isto é, exclusivas desta região, trata-se do terceiro local com maior diversidade florística do planeta. Este grupo de animais em risco inclui espécies emblemáticas como a foca-monge e a águia imperial, ameaçadas pela perda e degradação de habitat cujos efeitos são agravados por fenômenos de poluição, secas, espécies exóticas invasoras e exploração. 
lince-ibérico
07- É uma zona de clima mediterrânico de tipo e tem altos níveis de endemismo vegetal característica destas regiões. É o lar da sequóia gigante, o segundo maior organismo vivo do planeta.
sequoia
 
 08- É a mais alta cadeia montanhosa do mundo, localizada entre a planície indo-gangética, ao sul, e o planalto tibetano, ao norte. Abrange cinco países (Índia, China, Butão, Nepal, Paquistão) e contém a montanha mais alta do planeta- o Monte Everest. Conta com macacos, pandas, ursos e tigres. Os animais das montanhas são caçados há muito tempo devido a sua pele e a seus chifres. Esse hotspots uma diversidade biológica que inclui 10 mil espécies de flora, 300 mamíferos, 977 aves, 176 répteis, 105 anfíbios e 269 tipos de peixes de água doce. Além disso, a região concentra a maior população de tigres de Bengala do planeta e a última com a ocorrência do rinoceronte índio.
tigre de bengala
09- Atravessa sete países, Venezuela, Chile, Argentina, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia. Devido à enorme quantidade de área a paisagem é muito variada. Este local tem cerca de 45.000 espécies de plantas das quais 20.000 são endêmicas. Existem mais de 3.000 espécies de vertebrados, com cerca de 1.500 endêmicas. Além de plantas e vertebrados, 1.666 espécies de aves, 479 espécies de répteis, 830 espécies de anfíbios. 
urso-de-óculos
10- Está situada a cerca de 200 km a sudeste da Austrália, separados através do mar da Tasmânia. A área atual é: 270 534 km². A flora é bastante diversificada, possui três tipos de morcegos, existe muitas especies de aves, tendo como a principal kiwi e a moa.
kiwi
Fontes:
Araribá, projeto. Editora Moderna 6° ano.

Nenhum comentário:

Cruzadinha sobre o Planeta Terra

Planeta Terra de Sérgio Alberto Pereira