Olá!

Seja bem vindo ao Geofácil.








Este blog foi desenvolvido para o trabalho da disciplina de Geografia e áreas afins com estudantes do Ensino Básico. Caso necessite de algum gabarito ou outras informações, o e-mail é sergiogta2007@hotmail.com

Que Deus abençoe poderosamente a sua vida



Seguidores

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Geografia Urbana - Guarantã do Norte

Este trabalho foi desenvolvido com alunos da 6ª Série/7º Ano A da Escola Municipal Estrelinha do Norte;
Na parte teórica os alunos estudaram o conteúdo sobre a urbanização e destacaram os problemas ambientais e sociais urbanos:
Problemas Ambientais: poluição visual, sonora, do ar, das águas e do solo
Sociais: favelas e moradias inadequadas, falta de infra - estrutura (asfalto, água tratada, falta de saneamento básico), violência, trânsito, etc.
A nível local puderam perceber diversos desses problemas: O lixo acumulado em terrenos baldios pode gerar doenças ou acumular insetos e outros animais. Além de poluir o ambiente tanto o solo, a água e também é uma forma de poluição visual;


Ruas mal conservadas e sem asfalto são exemplos da falta de infra - estrutura urbana;


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Guarantã do Norte – Aspectos Físicos

Relevo: Pela classificação de Jurandir Sanches Ross, o relevo do município possui duas unidades, a Depressão Marginal Sul Amazônica e os Planaltos Residuais Sul Amazônicos, com destaque ao norte a Serra do Cachimbo.
A Depressão Sul-Amazônica – Está delimitada pelo Planalto e Chapada dos Parecis, ao sul, e pelo Planalto da Amazônia Oriental, ao norte. Portanto, essa depressão também faz parte da região Centro-Oeste.
Planaltos Residuais Sul-Amazônicos – São planaltos cristalinos que se estendem desde o sul do Pará até Rondônia.Têm o aspecto de uma vasta área plana com morros de topos arredondados, distribuídos pelo espaço de forma descontínua. Ao lado desses morros encontram-se áreas de coberturas sedimentares antigas, que apresentam topo plano e correspondem às chapadas, como a do Cachimbo. Nessa formação, localiza-se a serra dos Carajás, onde há grande ocorrência de minerais, como ferro, manganês, cobre e ouro.

A altitude média do município é de 260 metros.
Clima: Segundo a classificação climática de Straller, Guarantã do Norte esta na faixa de clima equatorial úmido, clima que ocorre ao longo da Linha do Equador em regiões de baixa latitudes da América do Sul, África e Ásia. Suas características são:
- Durante todo o ano é úmido, com alto índice de evaporação e altas temperaturas;
- A pluviosidade é alta (chuvas em grande quantidade), atingindo de 2.000 a 3.000 milímetros por ano;
- A umidade relativa do ar nas regiões de clima equatorial é elevada (média anual de 90%);
- A temperatura média anual nestas regiões fica em torno de 26°C. Ocorre pouca variação de temperatura (entre mínima e máxima) durante o ano.
No entanto a observação in loco, permite perceber a presença de duas estações bem definidas com verões chuvosos e invernos secos, com pouca variação de temperaturas mas com variações de umidades o que aproxima o clima das características do clima tropical típico, não tendo no entanto o fenômeno das friagens. Essas características permite considerar então que se trata de uma faixa de transição entre os climas tropical e equatorial.

A temperatura média anual é de 24º C.

A precipitação média anual é de 2750 mm, sendo que a maior intensidade é nos meses de janeiro, fevereiro e março.
Hidrografia: Guarantã do Norte está localizado na Bacia Hidrográfica do rio Amazonas tendo como principais rios de nosso município o Braço Norte, o Braço Sul e o rio Peixotinho.
Vegetação: A vegetação predominante no município é a Floresta Equatorial Amazonica, ou floresta latifoliada equatorial. Tendo como principal associação a chamada mata de terra firme.
mata de terra firme: apresenta-se em áreas não inundadas, é a que apresenta árvores mais altas. Nela são comuns a castanheira.
Em algumas áreas mais baixas proximas aos rios, sobretudo o Braço Norte é possivel encontra as matas de varzea.
mata de várzea: mais compacta, sofre inundações periódicas (cheias). Apresenta árvores maiores, sobressaindo as seringueiras, por seu valor econômico;
Em áreas mais elevadas do município em especial na região do Complexo da Serra do Cachimbo encontramos aspectos de vegetação de Cerrado com destaque para o ipe amarelo. Comprovando a característica da região de ser uma faixa de transição morfoclimática entre o domínio amazônico e do cerrado.
Referências:

http://www.mteseusmunicipios.com.br/
http://www.colegioweb.com.br/geografia/planaltos-antigos.html
http://www.suapesquisa.com/clima/clima_equatorial.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/Vegeta%C3%A7%C3%A3o_do_Brasil

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Regras para o Trabalho do Terceiro Ano

Alunos dos Terceiros A, B e C, seguem abaixo as regras e elementos para a elaboração do trabalho combinado. Qualquer dúvida entre em contato por e-mail, na sala durante as aulas ou em momentos de esclarecimentos de dúvidas. Um abraço e bom trabalho
1) Papel: Tamanho A4 (21 x 29,7);
2) Margens: Superior: 3,0 cm;
Inferior: 2,0 cm;
Esquerda: 3,0 cm;
Direita: 2,0 cm.
3) Espaçamento entre linhas: 1,5 cm.
4) Numeração das páginas: Canto Superior Direito.
5) Fonte: Arial – Tamanho: 12.
6) Só é permitida a fonte 16 no título do trabalho (capa e folha de rosto).
7) Títulos: Centralizado, Negrito e tudo maiúsculo.
8) Cores: Em todo o trabalho só é permitida a cor Preta.
Dedicatória
Página opcional onde o(a) autor(a) presta homenagem ou dedica seu trabalho. Esta folha não recebe título e o projeto gráfico fica a critério do autor.
Agradecimentos (opcional)
Devem ser dirigidos às pessoas ou instituições que, realmente contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho, restringindo-se ao mínimo necessário.
Epígrafe (opcional)
Frase, pensamento ou até mesmo versos no qual o autor apresenta citação seguida de autoria relacionada à matéria tratada no corpo do trabalho. Também podem ser apresentadas epígrafes nas folhas iniciais dos capítulos ou seções. Esta folha não recebe título e o projeto gráfico fica a critério do autor.
Sumário (obrigatório)
Enumeração das principais divisões, seções e capítulos, na mesma ordem e grafia em que a matéria é apresentada no corpo do trabalho. Se o trabalho for apresentado em mais de um volume, em cada um deles deve constar o sumário completo do trabalho.
Introdução
Desenvolvimento
Caracterização da Área de Estudo
Revisão Bibliográfica do Tema
Análise dos Dados Pesquisados
Considerações Finais
Referências Bibliográficas

SOBRENOME, Nome. Livro. Edição (abreviado – Ed.). Cidade: ano
Exemplo: OLIVEIRA, Maria. Introdu-ção à Gramática. 1ª ed., São Paulo: 1995
http://www.metodista.br/biblioteca/abnt/abnt
http://www.ufpe.br/cap/images/aplicacao/abnt%202009[1].pdf

domingo, 14 de agosto de 2011

Urbanização, Conceitos e Processos

01- (UFGD) Analise a tabela a seguir, que apresenta as maiores concentrações urbanas em 1970 e uma projeção desta situação para 2015.

a) Em 2015, as maiores concentrações urbanas estarão localizadas, em sua maioria, em países ricos que apresentam altos índices de desenvolvimento social e humano.

b) Em 1970, as maiores concentrações urbanas localizavam-se em países periféricos, ao contrário do que indica a projeção para 2015.

c) Em 2015, as maiores concentrações urbanas estarão localizadas em países periféricos da África e da Ásia, o que poderá agravar problemas com habitação, transportes e saneamento básico nessas áreas.

d) Comparando os dados de 1970 com a projeção para 2015, verifica-se o acelerado crescimento do número de concentrações urbanas nos países periféricos, o que indica a melhoria das condições de vida dessas populações.

e) Em 2015, as maiores concentrações urbanas estarão localizadas em países centrais ou do Norte, seguindo uma tendência que já se apresentava desde os anos 1970.

02- (UNEMAT)

“A globalização da produção transformou algumas metrópoles em centros da economia internacional. Esses centros urbanos formam uma rede urbana por onde transita a maior parte do capital que circula pelos mercados financeiros mundiais. São as empresas sediadas nestes centros que lançam inovações tecnológicas e comandam os serviços especializados para a indústria, como a publicidade e o marketing” (GUIMARÃES et al., 2007).

Como esses centros urbanos são denominados?

a) Megacidades.

b) Centros Regionais.

c) Cidades Globais.

d) Conurbação Urbana.

e) Megalópoles.

03- (UNIOESTE) Sobre as cidades globais, assinale a alternativa correta.

a) São centros financeiros modernos, que concentram técnica e conhecimento, e independem do tamanho da população, como é o caso de Bruxelas.

b) Correspondem exclusivamente às capitais políticas dos país es desenvolvidos, tendo como exemplo Paris.

c) Correspondem somente às dez mais populosas cidades do mundo, entre elas está Tóquio.

d) Estão concentradas nos países desenvolvidos e inexistem no continente africano e na América Latina.

e) São cidades planejadas que foram criadas no século XX, como Brasília.

04- (FATEC) Considere a foto para responder à questão.


O Arco do Triunfo foi iniciado por ordem de Napoleão Bonaparte em 1 806, e a Paris dos boulevares (das avenidas) surgiu a partir da reforma urbana implantada pelo barão Haussmann, prefeito de Paris entre 1853 e 1870, período em que a França era governada por Luís Bonaparte. A foto demonstra o resultado final dessas duas iniciativas que representam a vitória do projeto

a) socialista de uma cidade em que seus espaços devem pertencer igualmente a todos os cidadãos.

b) burguês em que o embelezamento da cidade, os parques, novos edifícios e monumentos devem atender mais às necessidades da classe burguesa do que às da população mais pobre.

c) anarquista de uma cidade onde a população não precisaria de um órgão governa mental, pois os próprios cidadãos a governariam.

d) neoliberal em que a economia da cidade deve ser gerada não mais pelo investimento do Estado e sim pelo livre investimento das empresas privadas.

e) comunista de uma cidade moldada nas diretrizes da Primeira Internacional Comunista.

05- (UNESP) Correlacione os conceitos a seguir:

I. Urbanização;

II. Rede urbana;

III. Hierarquia urbana;

IV. Polarização e

V. Metrópole.

( ) As glomerações urbanas mantêm e reforçam laços interdependentes entre si e com outras áreas que elas atraem. Estas áreas que sofrem atração podem, às vezes, pertencer a regiões homogêneas diversas. Estas áreas criam um sistema urbano regional mais bem definido. Portanto, as regiões, de forma geral, nada mais são que recortes territoriais desta s áreas.

( ) A característica marcante da estrutura dos sistemas de cidades que varia de acordo com seu tamanho, com a extensão de sua área de influência espacial e com a sua qualidade funcional no que se refere aos fluxos de bens, de pessoas, de capital e de serviços. No esquema atual das relações entre as cidades, uma vila pode se relacionar diretamente com a metrópole nacional, ao contrário do esquema clássico, onde a vila se relaciona, primeiramente, com a cidade local, depois com o centro regional, e em sequência, com a metrópole regional e nacional.

( ) O processo vinculado às transformações sociais que provocam a mobilização de pessoas, geralmente, de espaços rurais para centros urbanos. Essa mobilização de pessoas é motivada pela busca por estratégias de sobrevivência, visando à inserção no mercado de trabalho bem como na vida social e cultural do centro urbano.

( ) O conjunto articulado ou integrado de áreas urbanas que cobrem um determinado espaço geográfico e que se relacionam continuamente.

( ) O termo empregado para cidade central de uma determinada região geográfica, densamente urbanizada, que assume posição de destaque na economia, na política, na vida cultural, etc. A mancha urbana é formada, geralmente, por cidades com tendência ao fenômeno de conurbação. Vários municípios formam uma grande comunidade, interdependente entre si e com a preocupação de resolver os problemas de interesse comum.

A sequência correta obtida a partir da correlação entre os conceitos e as definições é:

a) I, II, IV, V, III.

b) II, V, I, III, IV.

c) IV, III, I, II, V.

d) III, IV, I, II, V.

e) IV, I, V, II, III.

06- (UFAL) Sobre o tema “Urbanização”, analise as afirmações a seguir.

1) A partir do final do século XIX, houve nos países desenvolvidos um processo de suburbanização da população de maior poder aquisitivo, que procurava distanciar-se das concentrações populacionais e industriais e dos problemas ambientais dos centros urbanos.

2) A partir da década de 1950, houve uma ampliação considerável da superfície ocupada pelas cidades nos países subdesenvolvidos, num ritmo muito mais intenso do que o verificado nos países onde a urbanização acontecera há mais tempo.

3) Toda cidade é uma forma de organização complexa, do ponto de vista socioespacial, pois seu desenvolvimento depende da infraestrutura administrativa, cultural e tecnológica.

4) A cidade surgiu com as primeiras civilizações da Antiguidade, mas foi a partir da Revolução Industrial que surgiu o maior desenvolvimento urbano de toda a História da humanidade.

Está(ão) correta(s):

a) 4 apenas

b) 1 e 2 apenas

c) 1, 2 e 4 apenas

d) 2, 3 e 4 apenas

e) 1, 2, 3 e 4.

07- (UNIOESTE) Sobre a rede urbana brasileira, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O sudeste brasileiro pode ser caracterizado como uma rede urbana complexa, pelo seu alto grau de urbanização e pela sua economia diversificada, fortemente industrial e de serviços.

b) A configuração das redes urbanas regionais é definida geralmente pelo fator histórico e pelas atividades econômicas praticadas. Tem-se como exemplos alguns centros regionais e metrópoles nordestinas que se desenvolveram como portos exportadores de produtos agrícolas para o mercado internacional.

c) São Paulo e Rio de Janeiro se caracterizam como as maiores metrópoles brasileiras por concentrar sedes de empresas transnacionais e intensa dinâmica de fluxos informacionais.

d) Abaixo das metrópoles, no nível hierárquico que define a rede urbana brasileira, estão os centros regionais que concentram centros universitários, grande rede de hospitais, médicos e dentistas especializados, retransmissoras de televisão e shopping centers. Tem-se como exemplos Londrina e Ribeirão Preto.

e) O desenvolvimento mais recente da rede urbana brasileira esteve orientado pelo crescimento de sua malha ferroviária, que, a partir de 1960, foi a infra-estrutura de transportes que mais se destacou no território nacional.

08- (UNIR) Os mapas apresentam o número de cidades médias (entre 100.000 e 500.000 habitantes) no território brasileiro em 1970 e nos dias atuais.
(Revista VEJA, 01/09/2010. Adaptado.)

Com base nos mapas e nos seus conhecimentos, assinale a afirmativa correta.

a) O número de cidades médias da região Norte do país manteve-se inalterado desde 1970, resultado das políticas de conservação ambiental e da rigorosa fiscalização das instituições responsáveis.

b) A partir de 1970 aumentou o número de cidades médias, o que indica que a riqueza, antes concentrada nos grandes centros urbanos, vem sendo distribuída também nas médias aglomerações.

c) A região Nordeste, considerada a mais pobre do país, apresenta hoje poucas cidades médias, resultado do elevado contingente migratório em direção ao Centro-Sul.

d) O aumento do número de cidades médias pós década de 70 do século XX deve-se principalmente à política de incentivos fiscais para a instalação das multinacionais nas metrópoles nacionais, aumentando a demanda por mão-de-obra especializada.

e) O aumento de cidades médias da região Centro-Oeste resulta das políticas de transferência de renda do governo federal, entre elas a bolsa escola, além de investimentos maciços em ciência e tecnologia com a criação de tecnopolos.

09- (UERJ) Na imagem, visualiza-se a região da Baixada Santista, com as diversas cidades que compõem esse espaço do litoral paulista.

A análise da imagem permite reconhecer a ocorrência do seguinte processo socioespacial comum em cidades de áreas metropolitanas:

a) favelização

b) conurbação

c) gentrificação

d) verticalização

10- (FUVEST) Durante muito tempo, a população da então Vila de São Paulo foi pouco expressiva. Seu crescimento foi, contudo, extremamente rápido durante o século XX. Esse processo pode ser verificado na tabela a seguir.

Município de São Paulo – evolução da população (1872 – 2000)

Ano

População

Crescimento (%)

1872

31.385

-

1900

239.820

664,12

1920

579.033

141,44

1940

1,326.261

129,04

1960

3.781.446

185,12

1970

5.924.615

56,67

1980

8.493.226

43,35

1991

9.646.185

13,57

2000

10.405.867

7,87

Fonte: Atlas SEADE da Economia Paulista, 2007. Adaptado.

Considerando os dados apresentados e seus conhecimentos,

a) cite e analise duas causas que contribuíram para o crescimento da população, no município de São Paulo, no período de 1940 a 1970.

b) cite e explique uma das causas responsáveis pela desaceleração do crescimento populacional, no município de São Paulo, a partir de 1980.

11- (UFAC) A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em sérios problemas sociais urbanos, entre os quais podemos destacar:

a) Falta de infra-estrutura, limitações das liberdades individuais e altas condições de vida nos centros urbanos.

b) Aumento do número de favelas e cortiços, falta de infra-estrutura e todas as formas de violência.

c) Conflitos e violência urbana, luta pela posse da terra e acentuado êxodo rural.

d) Acentuado êxodo rural, mudanças no destino das correntes migratórias e aumento no número de favelas e cortiços.
e) Luta pela posse da terra, falta de infra-estrutura e altas condições de vida nos centros urbanos.

12- (FURG) Nas grandes cidades brasileiras, a falta de moradia e o aumento do desemprego estão diretamente relacionados à existência de que tipos de habitação?

a) Favelas e condomínios.

b) Favelas e cortiços.

c) Mansões e vilas.

d) Vilas e bairros.

e) Lugarejos e condomínios

13- (UCS/RS) A produção do espaço geográfico tem gerado várias paisagens, entre elas a urbana. Analise, quanto à veracidade (V) ou falsidade (F), as proposições abaixo sobre a urbanização.

( ) O fluxo de pessoas e mercadorias entre cidades é conhecido como rede urbana.

( ) O conjunto formado pela metrópole e pelas cidades vizinhas é chamado de região metropolitana.

( ) Uma cidade com mais de 10 milhões de habitantes é chamada de megacidade.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.

a) V – V – V

b) V – V – F

c) V – F – F

d) F – F – F

e) F – V – V

14- (UFLA) Analise a letra da música abaixo.

Minha Alma (A paz que eu não quero)

A minha alma está armada

e apontada para a cara

do sossego

pois paz sem voz

não é paz é medo [...]

As grades do condomínio

são para trazer proteção

mas também trazem a dúvida

se não é você que está nessa prisão

me abrace e me dê um beijo

faça um filho comigo

mas não me deixe sentar

na poltrona no dia de domingo

procurando novas drogas

de aluguel nesse vídeo

coagido pela paz

que eu não quero

seguir admitindo

http://o-rappa.musicas.mus.br/letras/28945

Assinale a alternativa que indica o problema central destacado na letra da música.

a) A formação da chamada cidade informal das regiões metropolitanas.

b) A falta de infra-estrutura básica nos subúrbios das metrópoles.

c) O aprofundamento da pobreza nas grandes cidades brasileiras.

d) A violência criminal que atormenta os moradores dos grandes centros urbanos.

15- (UFF)

Favela Paraisópolis em São Paulo

O crescimento das cidades no Brasil é marcado por fortes contrastes sociais, os quais são revelados pelas seguintes características principais:

a) elevados índices de violência urbana; segregação socioespacial; insuficiência na oferta de empregos;

b) oferta generalizada de empregos; elevados índices de violência urbana; processo de favelização;

c) baixa intensidade de migração campo-cidade; expansão lenta e antiga; elevados índices de violência urbana;

d) elevados investimentos em infra-estrutura urbana em áreas periféricas; expansão rápida e recente; incremento da favelização;

e) segregação socioespacial; baixas taxas de crescimento populacional; elevados investimentos em infra-estrutura urbana.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Dia do Estudante

A Escola Municipal Estrelinha do Norte está realiza a Semana do Estudante
Dos dias 08 a 12 de agosto de 2011 a Escola Estrelinha do Norte estará realizando a Semana do Estudante. As comemorações se darão através de uma série de atividades com a seguinte programação:
Segunda – 08/08 – Palestra sobre o uso de drogas e os perigos decorrentes da mesma.
Terça – 09/08 – Teatros com o tema espiritualidade apresentado em parceria com a Igreja Batista Nacional de Guarantã do Norte e início do Campeonato Interno de Xadrez.
Quarta – 10/08 – Participação no Desafio Nacional de Geografia da Revista National Geographic e Gincana de Conhecimentos e Recreativa.
Quinta – 11/08 – Atividade de encerramento da Gincana de Conhecimentos e Recreativa (Vôlei).
Sexta – 12/08 – Entrega de Boletins e Conversa com os pais.

A todos os Estudantes, Parabéns pelo seu dia!

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Atividades sobre o Continente Americano

01- Sobre os Estados Unidos, assinale com V para Verdadeiro e F para Falso:
a) As indústrias de tecnologia de ponta se encontra na costa leste próximo a região dos Grandes Lagos.
b) A indústria automobilística bem como os setores industriais tradicionais se localizam no Nordeste do País, entre a costa leste e a região dos Grandes Lagos.
c) A indústria aeroespacial, a bélica e a de tecnologia de ponta se instalou na costa do Pacífico em função principalmente da presença de grandes universidades voltadas ao setor que proporcionou mão-de-obra especializada.
d) O Sun Belt está localizado no norte do país, na fronteira com o Canadá.
02- Sobre o processo de colonização do continente americano, assinale com V para Verdadeiro e F para Falso:
a) A maioria dos países da América do Norte foi colônia de exploração espanhola, por isso o espanhol é o idioma predominante nessa parte do continente.
b) O Brasil foi a única colônia portuguesa da América e teve como modelo colonial a exploração de suas riquezas.
c) Na colônia de exploração predominante na América Latina a maioria das propriedades eram pequenas e médias e a produção voltada para o abastecimento interno.
d) As colônias de povoamento predominante na América Anglo-Saxônica tiveram como forma de trabalho o familiar e assalariado, diferentemente do trabalho escravo empregado nas colônias de exploração da America Latina.
03- Sobre a divisão do continente americano, assinale com V para Verdadeiro e F para Falso:
a) A divisão geográfica divide a América em duas partes: América Latina e América Anglo-Saxônica.
b) A América Latina é parte da divisão histórica, cultural e socioeconômica do continente americano.
c) A divisão geográfica leva em consideração a extensão latitudinal do continente e divide a América em: América do Norte, América Central e América do Sul.
d) Os países do continente que compõe a América Anglo – Saxônica são o Canadá e os Estados Unidos.
04- Sobre o continente americano, assinale com V para Verdadeiro e F para Falso:
a) As grandes Antilhas são ilhas do mar do Caribe localizadas na América Central.
b) Apesar de possuir países pequenos a América Central possui mais de 20% do território americano.
c) Os únicos países da América que não possuem saídas para o mar são a Bolívia e o Paraguai.
d) A América Andina inclui a Bolívia, o Peru, o Chile, o Equador, a Venezuela, a Colômbia e o México.
05- Sobre o continente americano, assinale com V para Verdadeiro e F para Falso:
a) Os países que apresentam as maiores riquezas petrolíferas do continente são a Venezuela e o México.
b) Os países da América Central têm sua economia basicamente voltada a exportação de produtos primários principalmente agrícolas.
c) O principal produto de exportação da Colômbia é o café e o da Venezuela é o petróleo.
d) A Argentina, o Paraguai e o Uruguai são os chamados países platinos, pois a maior parte dos seus territórios são banhados pelos rios da bacia Platina.

Mato Grosso